PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Números do Corinthians na estreia de Tiago Nunes massacram os de Carille

Mauro Cezar Pereira

23/01/2020 23h41

Mauro Boselli empurra a bola para o gol: argentino marcou três vezes

Com Fábio Carille o Corinthians era criticado por sua timidez ofensiva. O time recuava sempre que abria o placar, tinha menos a bola e não finalizava tanto. Claro que os 4 a 1 sobre o Botafogo marcaram apenas a primeira partida do time sob o comando de Tiago Nunes, mas não apenas pelo comportamento da equipe, como pelos números gerados, a diferença foi brutal. A ideia é nitidamente outra, a proposta de jogo completamente diferente.

O Botafogo perdia no primeiro tempo e mal passava do meio-campo. Os corintianos apertavam o adversário lá na frente, retomavam a bola e permaneciam no ataque. Mesmo depois de abrir o placar, tal postura não foi abandonada. A alegria estampada no rosto de Mauro Boselli retratava a mudança. O artilheiro marcou quatro vezes (um dos gols anulado por impedimento) e não escondia a felicidade por jogar num time que cria chances.

O argentino chegou a manifestar sua insatisfação em 2019, se referindo às poucas possibilidades de marcar sob as ordens de Carille. Evidentemente por ser apenas uma partida não é possível fazer grandes projeções, mas não fica qualquer dúvida sobre o que o Corinthians 2020 se propõe a fazer com Tiago no comando. Mais agressividade, mais posse, capacidade de jogar assim ou em velocidade e maior busca pelos gols. Confira o comparativo abaixo.

Passes certos:
Paulista 2019: 358
Brasileiro 2019: 368
x Botafogo: 696

Finalizações:
Paulista 2019: 11,9
Brasileiro 2019: 10,2
x Botafogo: 14

Fonte: Footstats

 

follow us on Twitter

follow me on youtube

follow me on facebook

follow us on instagram

follow me on google plus

Sobre o autor

Mauro Cezar Pereira nasceu em Niterói (RJ) e é jornalista desde 1983, com passagens por vários veículos, como as Rádios Tupi e Sistema Globo. Escreveu em diários como O Globo, O Dia, Jornal dos Sports, Jornal do Brasil e Valor Econômico; além de Placar e Forbes, entre outras revistas. Na internet, foi editor da TV Terra (portal Terra), Portal AJato e do site do programa Auto Esporte, da TV Globo. Trabalhou nas áreas de economia e automóveis, entre outras, mas foi ao segmento de esportes que dedicou a maior parte da carreira. Lecionou em faculdades de Jornalismo e Rádio e TV. Colunista de O Estado de S. Paulo e da Gazeta do Povo, desde 2004 é comentarista dos canais ESPN e da Rádio Bandeirantes de São Paulo.

Sobre o blog

Trazer comentários sobre futebol e informações, eventualmente em primeira mão, são os objetivos do blog. O jornalista pode "estar" comentarista, mas jamais deixará de ser repórter.

Mauro Cezar Pereira