PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

"Guerra Fria" no Flamengo derruba Pelaipe. VP Marcos Braz não renunciará

Mauro Cezar Pereira

06/01/2020 19h14

Paulo Pelaipe e Gabriel Skinner no site oficial do Flamengo: gerente dispensado – Reprodução

O gerente de futebol do Flamengo, Paulo Pelaipe, não terá seu contrato renovado, embora há menos de um mês a prorrogação do compromisso até dezembro de 2020 tenha sido noticiada. Na tarde desta segunda-feira ele foi comunicado por uma funcionária do RH do clube que não seguirá no cargo em 2020. Durante a temporada 2019, Pelaipe trabalhou em contato com o treinador Jorge Jesus e sua equipe na rotina do Centro de Treinamentos. Ele era pessoa de confiança do vice-presidente de futebol, Marcos Braz. Há quem acredite que a demissão do gerente tenha o objetivo maior de fazer com que o vice renuncie, mas o blog apurou que Braz não irá fazê-lo.

Skinner e Luxa: juntos no Flamengo e na China – Foto: Divulgação/CRF/Gilvan de Souza

Há algum tempo se especula que o supervisor Gabriel Skinner possa a ocupar o cargo. Ele é proximo de Luiz Eduardo Baptista, o BAP, vice de relações externas, inclusive casado com uma parente do dirigente. A queda de Pelaipe é um episodio a mais na "Guerra Fria" travada nos bastidores do futebol, tema tratado pelo blog ha quatro dias. De um lado Braz, do outro, BAP.

Skinner foi gerente de futebol do Flamengo e diretor executivo do Criciúma. Ele era visto como braço direito de Vanderlei Luxemburgo quando este treinava o time rubro-negro, na temporada 2014. Ao seguir para a China, o treinador o levou com ele para trabalhar no Tianjin Quanjian. Pelaipe foi surpreendido com o telefonema comunicando a não renovação de seu contrato, depois que a noticia de sua renovação foi amplamente divulgada, em 10 de dezembro.  

 

follow us on Twitter

follow me on youtube

follow me on facebook

follow us on instagram

follow me on google plus

Sobre o autor

Mauro Cezar Pereira nasceu em Niterói (RJ) e é jornalista desde 1983, com passagens por vários veículos, como as Rádios Tupi e Sistema Globo. Escreveu em diários como O Globo, O Dia, Jornal dos Sports, Jornal do Brasil e Valor Econômico; além de Placar e Forbes, entre outras revistas. Na internet, foi editor da TV Terra (portal Terra), Portal AJato e do site do programa Auto Esporte, da TV Globo. Trabalhou nas áreas de economia e automóveis, entre outras, mas foi ao segmento de esportes que dedicou a maior parte da carreira. Lecionou em faculdades de Jornalismo e Rádio e TV. Colunista de O Estado de S. Paulo e da Gazeta do Povo, desde 2004 é comentarista dos canais ESPN e da Rádio Bandeirantes de São Paulo.

Sobre o blog

Trazer comentários sobre futebol e informações, eventualmente em primeira mão, são os objetivos do blog. O jornalista pode "estar" comentarista, mas jamais deixará de ser repórter.

Mauro Cezar Pereira