PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Fla vence, mas perde gols, dá chances ao CSA e gera discussão sobre poupar

Mauro Cezar Pereira

27/10/2019 23h31

O técnico português Jorge Jesus durante a vitória do Flamengo sobre o CSA – Foto: Divulgação – Alexandre Vidal/CRF

Jorge Jesus não tira mesmo o pé do acelerador. Põe o time completo em campo em um jogo e no seguinte também. Dos 11 titulares nos 5 a 0 sobre o Grêmio, quarta-feira, pela Libertadores, dez retornaram domingo desde o começo ao Maracanã para encarar o CSA. Apenas o suspenso Pablo Marí ficou fora na vitória por 1 a 0, mais apertada do que se poderia imaginar.

Chances perdidas dos dois lados deram a tônica. O time alagoano levou gol de Arrascaeta com apenas oito minutos e mostrou coragem, arriscou, atacou e não empatou porque Diego Alves fez ótimas defesas, tanto no primeiro quanto no segundo tempo. A discussão após o jogo era sobre a escolha do técnico rubro-negro, se ele deveria ter preservado alguns titulares.

Mas o português não alivia, quer somar pontos e, se bem sucedido, poderá chegar à final da Libertadores, em 27 dias, campeão brasileiro, ou quase isso. Obviamente ele corre riscos, mas deles não se livraria colocando alguns suplentes em campo. Imagine se o Flamengo vai com um time misto e não vence o CSA em pleno Maracanã com perto de 70 mil torcedores.

Melhor a coragem de Jesus do que o muitas vezes exagerado poupa-poupa de tantos treinadores, algo tão característico em nosso futebol.

 

follow us on Twitter

follow me on youtube

follow me on facebook

follow us on instagram

follow me on google plus

Sobre o autor

Mauro Cezar Pereira nasceu em Niterói (RJ) e é jornalista desde 1983, com passagens por vários veículos, como as Rádios Tupi e Sistema Globo. Escreveu em diários como O Globo, O Dia, Jornal dos Sports, Jornal do Brasil e Valor Econômico; além de Placar e Forbes, entre outras revistas. Na internet, foi editor da TV Terra (portal Terra), Portal AJato e do site do programa Auto Esporte, da TV Globo. Trabalhou nas áreas de economia e automóveis, entre outras, mas foi ao segmento de esportes que dedicou a maior parte da carreira. Lecionou em faculdades de Jornalismo e Rádio e TV. Colunista de O Estado de S. Paulo e da Gazeta do Povo, desde 2004 é comentarista dos canais ESPN e da Rádio Bandeirantes de São Paulo.

Sobre o blog

Trazer comentários sobre futebol e informações, eventualmente em primeira mão, são os objetivos do blog. O jornalista pode "estar" comentarista, mas jamais deixará de ser repórter.

Mauro Cezar Pereira