Topo
Blog do Mauro Cezar

Blog do Mauro Cezar

Categorias

Histórico

As médias de público do Brasileirão e observações sobre certas torcidas

Mauro Cezar Pereira

09/10/2019 04h00

O Santos tem média de 11.158, em parte devido à capacidade da Vila Belmiro – Foto: Divulgação/SFC

O jornalista Rodolfo Rodrigues – no Twitter ‪@rodolfo1975 – publica frequentemente nas redes sociais as médias de público do Campeonato Brasileiro. Público presente, total, como deve ser, apesar de tantos veículos contabilizarem apenas os pagantes. Uma distorção que há anos se propaga.‬

‪Como se menores de 12 anos e maiores de 65 com acesso gratuito não existissem, não ocupassem espaço, não gritassem em incentivo aos seus times, não consumissem. E como se os sócios torcedores que entram sem desembolsar um centavo na bilheteria fossem pagantes. Pagam, sim, a mensalidade de associado, mas nitidamente são tão não pagantes de ingressos quantos as crianças e os mais velhos acima citados.‬

‪E na lista do Rodolfo (abaixo), alguns clubes chamam a atenção por diferentes razões. Redundante dizer que a média superior a 56 mil do líder, Flamengo, é excepcional. Seria a 12ª no futebol da Europa na temporada 2018/2019.

Leia também: Fla supera 60 mil no Maracanã pela 7ª vez no ano e seria "top 20" na Europa

‪Também são dignas as do chamado "trio de ferro" paulistano, entre 31 mil e 36 mil. Sensacional a do Fortaleza, praticamente empatado com o campeão brasileiro, Palmeiras. Muito boas, também, as marcas registradas por Bahia e Ceará. Cruzeiro, Internacional, Vasco e Fluminense têm médias até que bem razoáveis em seus contextos atuais.‬

‪Mas Grêmio, Botafogo, Atlético e Athletico não apresentam marcas mais do que razoáveis. Desses, ou único que atua prioritariamente em estádio pequeno é o Galo. Já Goiás e CSA reúnem números bons para a realidade de cada um, em especial o time alagoano, que atua em estádio menor.‬

‪Terrível é a média do Santos, que joga muitas vezes na Vila Belmiro, o que gera impacto no resultado final devido à capacidade em torno de 12 mil torcedores. Mas mandou jogo no Pacaembu. É um número superior apenas aos de Avaí e Chapecoense, ameaçadíssimos pelo rebaixando, mas com médias turbinadas pelos jogos em Brasília com estádio lotado pela torcida do Flamengo.

E os santistas lideraram a competição, além de ainda estarem em terceiro, podendo reassumir a vice-liderança nesta quarta-feira.‬

Média de público presente (em casa) no Brasileirão 2019 após a 23ª rodada:
56.418 – Flamengo
36.317 – Corinthians
34.291 – São Paulo
31.554 – Palmeiras
31.148 – Fortaleza
27.414 – Bahia
26.126 – Ceará
24.315 – Cruzeiro
23.841 – Internacional
20.578 – Vasco
20.359 – Fluminense
17.499 – Grêmio
15.743 – Atlético-MG
15.198 – Botafogo
14.338 – Athletico-PR
13.024 – Goiás
12.417 – CSA
11.158 – Santos
10.824 – Avaí
7.396 – Chapecoense

 

follow us on Twitter

follow me on youtube

follow me on facebook

follow us on instagram

follow me on google plus

Sobre o autor

Mauro Cezar Pereira nasceu em Niterói (RJ) e é jornalista desde 1983, com passagens por vários veículos, como as Rádios Tupi e Sistema Globo. Escreveu em diários como O Globo, O Dia, Jornal dos Sports, Jornal do Brasil e Valor Econômico; além de Placar e Forbes, entre outras revistas. Na internet, foi editor da TV Terra (portal Terra), Portal AJato e do site do programa Auto Esporte, da TV Globo. Trabalhou nas áreas de economia e automóveis, entre outras, mas foi ao segmento de esportes que dedicou a maior parte da carreira. Lecionou em faculdades de Jornalismo e Rádio e TV. Colunista de O Estado de S. Paulo e da Gazeta do Povo, desde 2004 é comentarista dos canais ESPN e da Rádio Bandeirantes de São Paulo.

Sobre o blog

Trazer comentários sobre futebol e informações, eventualmente em primeira mão, são os objetivos do blog. O jornalista pode "estar" comentarista, mas jamais deixará de ser repórter.

Mais Blog do Mauro Cezar