Topo
Blog do Mauro Cezar

Blog do Mauro Cezar

Categorias

Histórico

Fluminense tem seu maior público em mais de cinco anos, mas deu Corinthians

Mauro Cezar Pereira

30/08/2019 00h36

Jogadores do Corinthians comemoram o gol de Pedrinho, que valeu a classificação – Foto: Divulgação/SCCP

Depois de um jogo inteiro sem gols, semana passada, em Itaquera, e metade do duelo de volta, também no 0 a 0, estava claro que o autor do primeiro tento sairia com a classificação às semifinais da Copa Sul-americana. E o Corinthians fez 1 a 0, em jogada iniciada por Mateus Vital, que teve sequência com Clayson, autor do chute que rebateu na defesa do Fluminense e sobrou para Pedrinho mandar às redes, aproveitando falha de Digão. O jogo ficou nas mãos do time corintiano.

Mas as trocas feitas por Fábio Carille foram com o objetivo de ter a bola, ocupar o meio-campo e levar a vantagem até o final. Restava cruzar na área ao Fluminense, totalmente desorganizado depois que o treinador Oswaldo de Oliveira, que reestreou, empilhou atacantes. Em uma das 29 vezes que os tricolores ergueram a pelota buscando cabeçadas, Pablo Dyego, um dos jogadores ofensivos que foram colocados em campo na etapa final, igualou o placar. Após interminável consulta ao VAR, foram nove minutos de acréscimos.

Os tricolores não mais ameaçaram para valer, faltava organização mínima, cenário favorável aos corintianos, mas como o time estava mais preocupado em defender o placar que lhe interessava, a esperança do Fluminense continuou viva e o temor da torcida do Corinthians também. Fica a equipe carioca, agora, com a missão de sair da zona de rebaixamento e depois sonhar em voltar pelo menos à Copa Sul-americana em 2020. O Corinthians pensa no próximo adversário, o Independiente del Valle, que eliminou o argentino Independiente de Avellaneda, campeão do certame em 2017.

Decepção para a ampla maioria dos torcedores que estiveram no Maracanã, que recebeu 57.703 pessoas. Foi o maior público em jogo do Fluminense com time de fora do Rio de Janeiro desde os 50.687 do duelo contra o Vitória em maio de 2014, pelo Campeonato Brasileiro.

 

follow us on Twitter

follow me on youtube

follow me on facebook

follow us on instagram

follow me on google plus

Sobre o autor

Mauro Cezar Pereira nasceu em Niterói (RJ) e é jornalista desde 1983, com passagens por vários veículos, como as Rádios Tupi e Sistema Globo. Escreveu em diários como O Globo, O Dia, Jornal dos Sports, Jornal do Brasil e Valor Econômico; além de Placar e Forbes, entre outras revistas. Na internet, foi editor da TV Terra (portal Terra), Portal AJato e do site do programa Auto Esporte, da TV Globo. Trabalhou nas áreas de economia e automóveis, entre outras, mas foi ao segmento de esportes que dedicou a maior parte da carreira. Lecionou em faculdades de Jornalismo e Rádio e TV. Colunista de O Estado de S. Paulo e da Gazeta do Povo, desde 2004 é comentarista dos canais ESPN e da Rádio Bandeirantes de São Paulo.

Sobre o blog

Trazer comentários sobre futebol e informações, eventualmente em primeira mão, são os objetivos do blog. O jornalista pode "estar" comentarista, mas jamais deixará de ser repórter.

Mais Blog do Mauro Cezar