Topo
Blog do Mauro Cezar

Blog do Mauro Cezar

Categorias

Histórico

Árbitros ignoram VAR: alegria tricolor em São Paulo e fúria tricolor no Rio

Mauro Cezar Pereira

18/08/2019 21h29

São Paulo 1 x 0 Ceará. Vitória tricolor na estreia de Daniel Alves e euforia da maioria dos 47.705 torcedores presentes ao Morumbi. Fluminense 0 x 1 CSA. Derrota tricolor e fúria da maior parte dos 25.049 que estiveram no Maracanã.

Em comum entre os dois jogos, além do fato de os mandantes terem três cores, a falta de critério da arbitragem brasileira, cada vez pior. Mesmo com o recurso do vídeo à disposição dos apitadores. Algo mais do que absurdo.

Volpi fez pênalti sobre Felippe Cardoso. Próximo, Gilberto Rodrigues Castro Junior ignorou – Reprodução TV

Os são-paulinos foram beneficiados pela omissão da arbitragem ante a falta de goleiro Tiago Volpi sobre Felippe Cardoso no interior da área do time da casa. O árbitro Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE) e o homem do VAR, Rodrigo Nunes de Sá (RJ), deixaram passar. Como entender?

Castan pisou em Daniel sobre a linha, que pertence à área, Wagner Reway nada marcou – Reprodução TV

No Rio de Janeiro, em duas ocasiões jogadores do Fluminense sofreram infrações dentro da área do CSA. Primeiro Luciano Castan derrubou Daniel sobre a linha da grande área. Depois o mesmo defensor fez falta em Ganso, também na área. Wagner Reway (PB) nada deu e, no VAR, Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG) não parece ter notado o que aconteceu.

Ganso dominou na área e foi atingido na perna por Castan, mas Wagner Reway ignorou – Reprodução TV

As arbitragens brasileiras são tradicionalmente intervencionistas. Por aqui marca-se tudo. Respirou na área? Pênalti. E esse estilo, se é que assim podemos chamar, tem se acentuado em alguns jogos com o recurso do vídeo à disposição. Mas em alguns momentos, em determinados jogos, os árbitros, de campo e do VAR, simplesmente ignoram o que acontece.

O segundo penal reclamando pelo Fluminense, em Paulo Henrique Ganso, custou mais caro ao time carioca, que ao ser derrotado voltou à zona do rebaixamento. Isso porque o gol do CSA saiu na sequência. Difícil entender como é possível errar tanto, com e sem vídeo, por excesso e por omissão.

 

follow us on Twitter

follow me on youtube

follow me on facebook

follow us on instagram

follow me on google plus

Sobre o autor

Mauro Cezar Pereira nasceu em Niterói (RJ) e é jornalista desde 1983, com passagens por vários veículos, como as Rádios Tupi e Sistema Globo. Escreveu em diários como O Globo, O Dia, Jornal dos Sports, Jornal do Brasil e Valor Econômico; além de Placar e Forbes, entre outras revistas. Na internet, foi editor da TV Terra (portal Terra), Portal AJato e do site do programa Auto Esporte, da TV Globo. Trabalhou nas áreas de economia e automóveis, entre outras, mas foi ao segmento de esportes que dedicou a maior parte da carreira. Lecionou em faculdades de Jornalismo e Rádio e TV. Colunista de O Estado de S. Paulo e da Gazeta do Povo, desde 2004 é comentarista dos canais ESPN e da Rádio Bandeirantes de São Paulo.

Sobre o blog

Trazer comentários sobre futebol e informações, eventualmente em primeira mão, são os objetivos do blog. O jornalista pode "estar" comentarista, mas jamais deixará de ser repórter.

Mais Blog do Mauro Cezar