Topo
Blog do Mauro Cezar

Blog do Mauro Cezar

Categorias

Histórico

Marketing do Fla oferece chance de zoeira com novo “cheirinho”. E silencia

Mauro Cezar Pereira

07/08/2019 21h30

O departamento de marketing do Flamengo aprontou uma saia-justa depois do jogo frente ao Emelec, no Maracanã. Um e-mail foi disparado para associados e o tema era (pasmem) a final da Libertadores. Nem parecia que o time ainda precisa superar mais duas fases, quatro jogos, para chegar à decisão.

Depois da trapalhada houve nota oficial, pedido de desculpas ao Internacional, próximo adversário dos rubro-negros no certame, e a imprensa divulgou a demissão da funcionária que teria disparado a mensagem non sense. Mas será que foi mesmo ela? Quem a autorizou? Perguntes seguem no ar, sem respostas.

O e-mail que gerou polêmica – Reprodução

Óbvio que, involuntariamente, o marketing do clube entregou de bandeja um mote para memes e gozações dos torcedores rivais do Flamengo em caso de eliminação. Seja nas quartas ou numa eventual semifinal da competição.

Diante disso, o assunto não é mais interno, mas de interesse do sócio e da torcida em geral, claro. Diante da falta de maiores explicações aqueles que os próprios marqueteiros do Flamengo costumam chamar de "Nação", questionamos o departamento que protagonizou a falha.

Assim, o blog enviou perguntas à comunicação do clube, que, vale ressaltar, nada tem com o imbróglio, embora tal setor e o marketing tenham o mesmo vice-presidente, Gustavo Oliveira. Abaixo o conteúdo do e-mail com as perguntas endereçadas ao(s) dirigente(s):

"Caros, o recente episódio do e-mail aos associados do Flamengo sobre final da Libertadores, isso com o time ainda muito distante de tal meta; expôs a torcida rubro-negra a futuras gozações.

Há risco de virar o novo "cheirinho", mote utilizado por torcedores de outras agremiações e até segmentos da imprensa em memes e gozações.

O clube poderá alegar que trata-se de "assunto interno". Mas quando algo do gênero vaza e expõe o Flamengo ao ridículo e sua torcida a gozações, passa a ter interesse geral.

No detalhe a convocação para a final da Libertadores – Reprodução

Assim, lhes encaminho as perguntas abaixo:

1) Na nota oficial da semana passada o Flamengo afirma que o e-mail "foi disparado equivocadamente". Mas por que alguém do clube deu início a uma ação sobre final de Libertadores a ponto de redigir mensagem aos associados se a equipe sequer começou a disputar as quartas-de-final? Qual a razão, a explicação para a existência de tal mensagem faltando quatro jogos dificílimos para o time alcançar a decisão, se é que lá chegará?

2) Uma funcionária foi demitida após o episódio, por quê?

3) Ela disparou o e-mail?

4) Se a resposta anterior for sim, a funcionária agiu sozinha?

5) Não teria ela que ser autorizada/supervisionada por sua chefia?

6) A chefia dessa funcionária assumiu alguma responsabilidade pelo episódio?

7) O marketing do clube já consegue estimar o tamanho do prejuízo para a imagem do Flamengo após tal falha?

8) O que o vice presidente de marketing tem a dizer após mais essa grave falha em setor do clube sob seu comando?

A resposta da comunicação por e-mail foi: "Mauro, esse assunto é interno".

Conveniente pedir que os rubro-negros se associem, convocar para lotar o Maracanã etc, mas quando uma falha grave se espalha além do clube, não há maiores explicações. Só silêncio. No entanto, se o Flamengo for eliminado da Libertadores a zoeira não será interna. E o e-mail convocando para a final virará tema de gozações. Talvez se transforme no novo "cheirinho".

 

follow us on Twitter

follow me on youtube

follow me on facebook

follow us on instagram

follow me on google plus

Sobre o autor

Mauro Cezar Pereira nasceu em Niterói (RJ) e é jornalista desde 1983, com passagens por vários veículos, como as Rádios Tupi e Sistema Globo. Escreveu em diários como O Globo, O Dia, Jornal dos Sports, Jornal do Brasil e Valor Econômico; além de Placar e Forbes, entre outras revistas. Na internet, foi editor da TV Terra (portal Terra), Portal AJato e do site do programa Auto Esporte, da TV Globo. Trabalhou nas áreas de economia e automóveis, entre outras, mas foi ao segmento de esportes que dedicou a maior parte da carreira. Lecionou em faculdades de Jornalismo e Rádio e TV. Colunista de O Estado de S. Paulo e da Gazeta do Povo, desde 2004 é comentarista dos canais ESPN.

Contato: maurocezarblog@uol.com.br

Sobre o blog

Trazer comentários sobre futebol e informações, eventualmente em primeira mão, são os objetivos do blog. O jornalista pode "estar" comentarista, mas jamais deixará de ser repórter.

Mais Blog do Mauro Cezar