Topo
Blog do Mauro Cezar

Blog do Mauro Cezar

Categorias

Histórico

Palmeiras passa a trocar mais passes e pode aprimorar seu jogo

Mauro Cezar Pereira

12/07/2019 23h38

Lucas Lima conduz a bola na vitória de quarta-feira sobre o Internacional – Foto: divulgação/Palmeiras

O Palmeiras chegou à nona rodada do campeonato brasileiro, a última antes da Copa América, líder absoluto e como o time com menor número de passes trocados no certame, 191 certos em média por jogo. Tal contraste é único. Não existe paralelo nas grandes ligas pelo mundo, com o time que ocupa a primeira posição à frente de 19 oponentes sendo o que menos trabalha a pelota. Mas isso parecer estar mudando.

Foram 324 na vitória sobre o Internacional, quarta-feira, pela Copa do Brasil. Os números são do Footstats. Nos três últimos compromissos pela Série A, a média subiu: 344 passes certos nos 2 a 0 sobre o Avaí, antes 229 na vitória por 1 a 0 sobre o Athletico e 278 nos 2 a 1 em Chapecó. A última vez na qual os palmeirenses ficaram abaixo da média no campeonato foi no 1 a 0 em cima do Botafogo, quando não passaram de 189.

A peleja de quarta diante do Inter foi parecida com o duelo entre as duas equipes na terceira rodada do Brasileiro, quando o placar foi o mesmo e com gol alviverde também na primeira etapa. Na oportunidade, os campeões brasileiros trocaram apenas 182 passes certos. Isso significa que houve um crescimento de aproximadamente 80% em relação à recente partida pela Copa do Brasil. O time está gostando mais da pelota.

Com jogadores técnicos e defesa eficiente, falta ao grupo de Luiz Felipe Scolari variar o jogo e ficar mais com ela. Foi o que faltou, por exemplo, na derrota para o Boca Juniors na Bombonera, pela Copa Libertadores de 2018. Na ocasião, após os 2 a 0 impostos pelo time argentino, o treinador analisou: "Nos faltou o controle da bola". Foram 242 passes certos naquela noite de 109 chutões/rebatidas, quando a eliminação foi encaminhada.

Neste sábado, diante do São Paulo, o Palmeiras deverá ir ao Morumbi com um time misto. Mesmo assim um conjunto forte, graças ao elenco robusto. Vejamos se continuará elevando, discreta e sorrateiramente, o índice de passes trocados. Se o processo tiver sequência, será uma importante evolução da equipe que, para muitos, deve apenas manter aquilo que faz, embora sempre seja possível, e necessário, melhorar.

 

follow us on Twitter

follow me on youtube

follow me on facebook

follow us on instagram

follow me on google plus

Sobre o autor

Mauro Cezar Pereira nasceu em Niterói (RJ) e é jornalista desde 1983, com passagens por vários veículos, como as Rádios Tupi e Sistema Globo. Escreveu em diários como O Globo, O Dia, Jornal dos Sports, Jornal do Brasil e Valor Econômico; além de Placar e Forbes, entre outras revistas. Na internet, foi editor da TV Terra (portal Terra), Portal AJato e do site do programa Auto Esporte, da TV Globo. Trabalhou nas áreas de economia e automóveis, entre outras, mas foi ao segmento de esportes que dedicou a maior parte da carreira. Lecionou em faculdades de Jornalismo e Rádio e TV. Colunista de O Estado de S. Paulo e da Gazeta do Povo, desde 2004 é comentarista dos canais ESPN.

Contato: maurocezarblog@uol.com.br

Sobre o blog

Trazer comentários sobre futebol e informações, eventualmente em primeira mão, são os objetivos do blog. O jornalista pode "estar" comentarista, mas jamais deixará de ser repórter.

Mais Blog do Mauro Cezar