Topo
Blog do Mauro Cezar

Blog do Mauro Cezar

Categorias

Histórico

Luxemburgo acha muito 4 rebaixados. E se no Brasil fosse como na Argentina?

Mauro Cezar Pereira

2007-06-20T19:04:00

07/06/2019 04h00

Após a derrota para o Botafogo, Vanderlei Luxemburgo, técnico do Vasco, lanterna do campeonato brasileiro, disse que o número de times rebaixados na Série A nacional é demasiado. São quatro times que caem para a segunda divisão após 38 rodadas. De fato, em importantes ligas europeias três são rebaixados, na Alemanha, Inglaterra, Espanha e Itália, por exemplo.

Não foi a primeira vez que Luxemburgo fez esse tipo de observação. Em 2010 ele dirigia o Flamengo e falou a respeito, voltou a se queixar do que considera exagero em 2012, época na qual era técnico do Grêmio e o Palmeiras caiu. Em 2017, então no Sport, voltou a falar a abordar o tema: "Em outros campeonatos, geralmente são duas ou três equipes", comparou, na ocasião.

É verdade, e o tema, de certa forma, é polêmico, da mesma forma que se discutiu em alguns momentos se não deveria ser menor o número de equipes primeira divisão. Como na Bundesliga, com 18 times disputando o campeonato alemão, embora a paralisação de dezembro/janeiro, devido ao rigoroso inverno, justifique a quantidade inferior de participantes.

Já na Argentina existe um sistema que protege os grandes, é o Promedio, com o rebaixamento sendo definido pela média de pontos nos três últimos campeonatos nacionais. Com isso, se um clube importante tem uma temporada ruim, ele pode evitar a queda graças à eventual boa pontuação obtida nos dois outros certames. Uma espécie de seguro.

Quando o time disputa apenas a segunda temporada consecutiva, vindo da segudona, são considerados pontos e jogos das duas últimas edições para se chegar ao cálculo. Se a equipe é caçula, disputando sua primeira temporada na volta à divisão principal, vale apenas a média da mesma.

A pedido do blog, o site FutDados fez uma simulação sobre como seria a tabela do rebaixamento para a Série B se o Promedio fosse adotado no Brasil. O resultado não é bom para o técnico vascaíno, pois seu time estaria ameaçado da mesma forma, como o Fluminense, entre os que disputaram os três últimos campeonatos brasileiros da Série A e estão na primeira divisão em 2019. Confira como seria com os números da tabela abaixo!

Fonte FutDados

 

follow us on Twitter

follow me on youtube

follow me on facebook

follow us on instagram

follow me on google plus

Sobre o autor

Mauro Cezar Pereira nasceu em Niterói (RJ) e é jornalista desde 1983, com passagens por vários veículos, como as Rádios Tupi e Sistema Globo. Escreveu em diários como O Globo, O Dia, Jornal dos Sports, Jornal do Brasil e Valor Econômico; além de Placar e Forbes, entre outras revistas. Na internet, foi editor da TV Terra (portal Terra), Portal AJato e do site do programa Auto Esporte, da TV Globo. Trabalhou nas áreas de economia e automóveis, entre outras, mas foi ao segmento de esportes que dedicou a maior parte da carreira. Lecionou em faculdades de Jornalismo e Rádio e TV. Colunista de O Estado de S. Paulo e da Gazeta do Povo, desde 2004 é comentarista dos canais ESPN.

Contato: maurocezarblog@uol.com.br

Sobre o blog

Trazer comentários sobre futebol e informações, eventualmente em primeira mão, são os objetivos do blog. O jornalista pode "estar" comentarista, mas jamais deixará de ser repórter.

Mais Blog do Mauro Cezar