Topo
Blog do Mauro Cezar

Blog do Mauro Cezar

Categorias

Histórico

Flamengo campeão e Vasco vice: mas ambos têm motivos para preocupação

Mauro Cezar Pereira

2021-04-20T19:20:15

21/04/2019 20h15

Vitinho comemora o segundo gol na vitória por 2 a 0 sobre o Vasco, no Maracanã

A diferença de investimento e consequentemente de elenco, a distância técnica entre o Flamengo e seus tradicionais adversários é tamanha que os rubro-negros não fizeram esforço para erguer o troféu de campeões cariocas pela trigésima-quinta vez. O Vasco entrou em campo vivendo crise, demitiu o técnico Alberto Valentim após a partida e pisou o gramado com chances meramente teóricas devido à vantagem de dois gols construída pelo rival no primeiro jogo, somada à diferença de nível dos times.

Apesar da conquista quase protocolar, o Flamengo deu motivos para que o torcedor mais atento, crítico, se preocupe. Com toda confusão que o vinha envolvendo, o time vascaíno ainda assim finalizou 18 vezes, o goleiro Diego Alves teve trabalho e houve momentos, como na segunda metade do primeiro tempo, com recuo dos rubro-negros, domínio e pressão do Vasco. De chamar a atenção ante de um rival inferior e cheio de problemas em campo e fora dele, inclusive salários em atraso.

Como será o comportamento rubro-negro na pesada sequência que está próxima? LDU, Cruzeiro, Internacional, São Paulo e Peñarol. Esses são os cinco próximos jogos do Flamengo, pela Libertadores contra os dois times estrangeiros, e valendo pontos no Campeonato Brasileiro nos demais confrontos, apenas um no Rio de Janeiro, contra o bicampeão mineiro. Conceder tantas chances de finalização a equipes superiores ao Vasco atual, e em tese não serão poucas, pode significar problemas gigantescos.

A dificuldade na troca de passes, na saída de bola quando o adversário sobe a marcação, também é de ligar sinal de alerta flamenguista. Perdendo por três gols no placar agregado da final, o Vasco fez isso, e causou momentos de desconforto ao rival. Sorte do campeão que seu adversário tropeça na falta de qualidade e de conjunto, também reflexo de um trabalho fraco desenvolvido por Alberto Valentim, que vai embora e deixa pouco, ou nada. Será necessário construir um time às pressas. Haja preocupação.

 

follow us on Twitter

follow me on youtube

follow me on facebook

follow us on instagram

follow me on google plus

Sobre o autor

Mauro Cezar Pereira nasceu em Niterói (RJ) e é jornalista desde 1983, com passagens por vários veículos, como as Rádios Tupi e Sistema Globo. Escreveu em diários como O Globo, O Dia, Jornal dos Sports, Jornal do Brasil e Valor Econômico; além de Placar e Forbes, entre outras revistas. Na internet, foi editor da TV Terra (portal Terra), Portal AJato e do site do programa Auto Esporte, da TV Globo. Trabalhou nas áreas de economia e automóveis, entre outras, mas foi ao segmento de esportes que dedicou a maior parte da carreira. Lecionou em faculdades de Jornalismo e Rádio e TV. Colunista de O Estado de S. Paulo e da Gazeta do Povo, desde 2004 é comentarista dos canais ESPN.

Contato: maurocezarblog@uol.com.br

Sobre o blog

Trazer comentários sobre futebol e informações, eventualmente em primeira mão, são os objetivos do blog. O jornalista pode "estar" comentarista, mas jamais deixará de ser repórter.

Mais Blog do Mauro Cezar