Topo
Blog do Mauro Cezar

Blog do Mauro Cezar

Categorias

Histórico

Flamengo tenta convencer PM a liberar mais espaço para torcida no Maracanã

Mauro Cezar Pereira

2014-03-20T19:20:09

14/03/2019 20h09

Mais de 7 mil lugares inutilizados no setor sul do Maracanã para abrigar 40 torcedores da LDU, no destaque

O feio cenário se repetiu na noite de quarta-feira. Maracanã quase lotado para Flamengo x LDU. Contudo, perto de 10% da capacidade máxima do estádio estava interditada. Mais de 7 mil assentos reservados para abrigar cerca de 40 torcedores equatorianos. Fosse comercializados aqueles lugares para os rubro-negros, na ausência de mais hinchas do time de Quito, a arrecadação de R$ 2.596.530,50 (58.034 pagantes; 62.440 presentes) seria maior em cerca de R$ 300 mil. E mais pessoas poderiam ver a vitória rubro-negra in loco.

Para as próximas partidas no Rio de Janeiro pela Copa Libertadores (frente ao Peñarol em 4 de abril e contra o San Jose no dia 11), o clube carioca pretende obter autorização da Polícia Militar para que a parte inferior da área interditada nesta semana receba torcedores do Flamengo. A proposta será apresentada para análise da PM. Mas a priori, não há a possibilidade de liberarem parte do setor visitante, mesmo que novamente apareçam poucos, algo provável frente aos bolivianos, pois do Uruguai certamente virão muitos carboneros.

"Infelizmente. Se tiver torcida visitante, se faz necessário ter o espaço para os mesmos. Mas o Flamengo ficou de apresentar uma proposta para o local. Se for viável, será considerado", adianta o Coronel Silvio Luís, do Batalhão Especializado de Policiamento em Estádio (BEPE), antigo GEPE. Ele explica que a polícia recebeu a informação de que 300 torcedores da LDU estariam no jogo. Na realidade apareceram menos de 15% desse número. "Também acho ruim que o clube perca receita, mas os 10% dos visitantes têm que ser respeitados por causa do regulamento da competição", diz.

A acomodação de visitantes no setor sul do Maracanã em jogos do Flamengo é um problema que terá solução apenas se for realizada uma obra. É necessária a criação de um acesso exclusivo, independente, para aquele cantinho da arquibancada, de maneira que os torcedores de fora possa, entrar e sair sem se misturar aos do time da casa. Como de fato o estádio foi projetado especificamente para o Mundial de 2014, esta é apenas uma das adaptações necessárias para que seja realmente adequado à realidade local.

 

follow us on Twitter

follow me on youtube

follow me on facebook

follow us on instagram

follow me on google plus

Sobre o autor

Mauro Cezar Pereira nasceu em Niterói (RJ) e é jornalista desde 1983, com passagens por vários veículos, como as Rádios Tupi e Sistema Globo. Escreveu em diários como O Globo, O Dia, Jornal dos Sports, Jornal do Brasil e Valor Econômico; além de Placar e Forbes, entre outras revistas. Na internet, foi editor da TV Terra (portal Terra), Portal AJato e do site do programa Auto Esporte, da TV Globo. Trabalhou nas áreas de economia e automóveis, entre outras, mas foi ao segmento de esportes que dedicou a maior parte da carreira. Lecionou em faculdades de Jornalismo e Rádio e TV. Colunista de O Estado de S. Paulo e da Gazeta do Povo, desde 2004 é comentarista dos canais ESPN.

Contato: maurocezarblog@uol.com.br

Sobre o blog

Trazer comentários sobre futebol e informações, eventualmente em primeira mão, são os objetivos do blog. O jornalista pode "estar" comentarista, mas jamais deixará de ser repórter.

Mais Blog do Mauro Cezar