PUBLICIDADE
Topo

Mauro Cezar Pereira

Palmeiras "equilibra" Arthur para ampliar concorrência a Borja e Deyverson

Mauro Cezar Pereira

02/03/2019 13h14

Em 26 de janeiro o Jiangsu Suning documentou a oferta de € 13 milhões ao Palmeiras por Borja, mas o colombiano preferiu ficar e o campeão brasileiro deixou de faturar os € 10 milhões aos quais teria direito. Menos de um mês depois, em 21 de fevereiro, foi a vez do Shenzhen assinar a proposta de € 15 milhões para levar Deyverson. Entre idas e vídeos, o polêmico atacante também decidiu permanecer, fazendo com que o clube paulista deixasse de faturar os € 10 milhões que lhe caberiam na venda dos direitos.

Arthur em avaliação física no CT do Palmeiras

Como os dois centroavantes, em baixa por razões diferentes, disseram não aos clubes chineses, restou ao Palmeiras se conformar com a boas oportunidades de negócios perdidas, e continuar a aproveitá-los. Mas a concorrência deve aumentar, não pela chegada de mais um jogador para a posição, pelo menos por enquanto. A novidade para a Copa Libertadores e Campeonato Brasileiro será a possibilidade de Luiz Felipe Scolari contar com o jovem (20 anos) Arthur Cabral, ex- Ceará, pagando R$ 5 milhões por 50% dos direitos.

O jogador não foi inscrito no Estadual, e enquanto o torneio é disputado, passa por uma recuperação. Com uma diferença de um centímetro e meio de uma perna para outra, ele tinha desequilíbrio que gerava problemas no púbis. O Palmeiras detectou a raiz das dores que o incomodavam e "equilibrou" o atleta, para que o problema seja sanado. Em melhores condições físicas, Arthur é a esperança de gols ante a seca de Borja e as polêmicas de Deyverson. Ele fez 24 gols em 2018, sete na Série A pelo clube cearense.

 

follow us on Twitter

follow me on youtube

follow me on facebook

follow us on instagram

follow me on google plus

Sobre o autor

Mauro Cezar Pereira nasceu em Niterói (RJ) e é jornalista desde 1983, com passagens por vários veículos, como as Rádios Tupi e Sistema Globo. Escreveu em diários como O Globo, O Dia, Jornal dos Sports, Jornal do Brasil e Valor Econômico; além de Placar e Forbes, entre outras revistas. Na internet, foi editor da TV Terra (portal Terra), Portal AJato e do site do programa Auto Esporte, da TV Globo. Trabalhou nas áreas de economia e automóveis, entre outras, mas foi ao segmento de esportes que dedicou a maior parte da carreira. Lecionou em faculdades de Jornalismo e Rádio e TV. Colunista de O Estado de S. Paulo e da Gazeta do Povo, desde 2004 é comentarista dos canais ESPN e da Rádio Bandeirantes de São Paulo.

Sobre o blog

Trazer comentários sobre futebol e informações, eventualmente em primeira mão, são os objetivos do blog. O jornalista pode "estar" comentarista, mas jamais deixará de ser repórter.